Metologia do estudo dum espaço-tempo antigo

 

EXERCICIO 1

 

 

Análise do mapa arqueológico

de Saint-Brieuc-de-Mauron

(França, Morbihan)

 

 

 

O primeiro documento proposto é a ficha descritiva do grupo de recintos encontrado pelo arqueólogo aéreo Maurice Gautier, no lugar de Mauron, “le Petit Valet”. A ficha dá a fotografia de base, o esquema de leitura das formas e, num pequeno quadro, a localização dos recintos a respeito da ribeira, e das curvas de nível.

O segundo documento (o documento principal do exercício) é o mapa arqueológica da região de Saint-Brieuc-de-Mauron, que apresenta os resultados (notáveis !) da prospecção aérea. O mapa dá a localização e a forma de mais ou menos quarenta recintos ou grupos de recintos.

O terceiro documento é a imagem de Google Earth que eu dou em suplemento para ajudar-lhe a fazer a sua análise. O estudente pode estabelecer uma comparação deste mapa com a imagem de Google Earth a varias escalas (interrogar GE com a palavra-chave : Saint-Brieuc-de-Mauron, França).

O quarto documento (autor : M. Gautier) localiza os estabelecimentos no mapa topográfico a 1/25 000, n° 1018W.

 

Os recintos corespondem, pela maior parte, a estabelecimentos da Idade do Ferro e/ou da época romana. Provam a densidade da ocupação do solo.

 

 

Sem entrar na lógica arqueológica local (o que necessitaria outros documentos), o estudente fará um comentário epistemológico do tipo de mapa. Qual é o objectivo do arqueólogo, o seu método de trabalho ? Quais são as informações que ele obtem com o seu método ? Qual tipo de síntese ele pode razoavelmente conceber ? Que pode pensar um arqueogeógrafo deste mapa ? O que falta para estabelecer o raciocínio arqueogeográfico ? Como estabelecé-lo ? O estudente pode propor um exemplo de cartografia complementar ou alternativa para esta região ?

 

Envie o seu exercício (texto com figuras eventuais) a

chouquer@club-internet.fr

 

Bibliografia

Gilles LEROUX, Maurice GAUTIER, Jean-Claude MEURET, Patrick NAAS, Enclos gaulois et gallo-romains en Armorique, Documents Archéologiques de l’Ouest, Rennes 1999, 336 p.

Magali WATTEAUX, Sous le bocage, le parcellaire..., Études rurales, juillet-décembre 2005, n °175-176, p. 53-80.

 

 

 

 

 

Accès privé